Câmara de Vereadores de Santo Antônio do Monte

espaco-cidadao
Aquí você poderá ajudar o Legislativo
com o desenvolvimento do Município.

transparencia
Acesse o Portal da Transparência da
Câmara de Santo Antônio do Monte.

Menu Principal

Calendário de Eventos

Julho 2017
D S T Q Q S S
25 26 27 28 29 30 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31 1 2 3 4 5

Vereadores de Samonte reconhecem publicamente o excelente trabalho da Juíza nas Eleições 2012.

Em reconhecimento a atuação e resultados obtidos no cumprimento da lei durante todo processo eleitoral e apuração das eleições 2012, o Legislativo Municipal encaminhou à  Juíza desta comarca Dra. Lorena, oficio de congratulações.


Ofício nº.    : 185/2012

Assunto      : Envia Votos de Congratulações

Serviço       : Secretaria da Câmara Municipal

Data            : 17 de Outubro de 2012




Senhora Juíza,


Com grande satisfação venho comunicar-lhe que esta Câmara Municipal, por requerimento de minha autoria e acolhimento unânime de todos os demais Edis, consignou na ata dos trabalhos da 29a. Reunião Ordinária, Votos de Congratulações a pessoa de Vossa Excelência, manifestando o reconhecimento público ao seu exemplar trabalho na condução do processo eleitoral de Santo Antônio do Monte – MG.


Sendo o que me apresenta no momento, subscrevo-me.


Cordialmente,





MARTIM RODRIGUES DOS SANTOS

-         Presidente da Câmara –





Exmª. Srª.

Drª. LORENA TEIXEIRA VAZ DIAS

MM. Juíza Eleitoral da Comarca de

Santo Antônio do Monte - MG

AddThis Social Bookmark Button

Moções de Aplausos do Mês de Agosto 2012

Entregues na sessão ordinária de segunda-feira, dia 27, todas as Monções do mês de agosto foram indicadas pelo vereador Vilmar Otávio de Oliveira. Foram homenagens as seguintes entidades e pessoas.

O produtor rural João Eleotério da Silveira  foi lembrado pelo vereador como exemplo de homem do campo dedicado à comunidade e ao município.

O grupo de cavaleiros “Os Forasteiros” foi homenageado pela alegria e participação em vários eventos da cidade, principalmente nas exposições agropecuárias, levando diversão e mantendo viva a cultura, tradição e elegância da equitação.

Também recebeu a homenagem do vereador a Ordem das Filha de Jô Bethel “Janente Linhares”.

Todas as indicações foram aprovadas pelos vereadores por unanimidade. Familiares e amigos dos homenageados estiveram presentes à Sessão da Câmara para aplaudir e parabenizar os homenageados.

AddThis Social Bookmark Button

Concessão de alvarás ficará mais rigorosa em Samonte

Projeto da Câmara Municipal vai colocar ordem nos trenzinhos, parques e outros entretenimentos temporários

A Câmara Municipal aprovou, na última segunda-feira, dia 11, o projeto de Lei número 27/2012, que altera a exigência de documentação para a concessão de alvará para o funcionamento no município de equipamentos de entretenimento temporário. Trata-se de novas regras para os parques de diversão, circos, trenzinhos da alegria, teatros ambulantes, arquibancadas e outras atividades de lazer e entretenimento.

De autoria do vereador Vilmar Otávio de Oliveira, o projeto de Lei obteve aprovação unânime nas duas votações e agora segue para a aprovação do prefeito municipal. Segundo o vereador, sua iniciativa decorre da reivindicação de várias pessoas, que solicitaram não só a ele, mas à todos os representantes do legislativo, uma regulamentação mais rígida para a permissão de “prestação de serviços” dos citados equipamentos.

A lei deixa claro que nenhum desses “brinquedos” pode funcionar no município sem a “concessão de alvará expedido por autoridade competente”. Porém, uma vez concedida a permissão os proprietários excediam a permanência no local e muita vezes não garantiam a segurança necessária.  A principal preocupação foi em relação às Carretas da Alegria ou popularmente conhecidas como “Trenzinho da alegria” e dos equipamentos instalados na praça central, que mesmo levando alegria às crianças geram transtornos principalmente ao trânsito.

Além da documentação que já era exigida, foram acrescentados a partir da aprovação certificados do serviço de Vigilância Sanitária do Município, do Corpo de Bombeiros, prova de natureza comercial, contrato social da empresa, documentos pessoais e comprovante de domicílio dos proprietários administradores entre outros.

Atendendo uma das principais reivindicações da população e dos comerciantes locais o artigo 4º da nova Lei estabelece que o alvará liberado para “Trenzinhos da Alegria” e Parques de Diversões terá validade de 12 dias. Após esse período, o interessado poderá apresentar novos laudos para a prorrogação, desde que no total  a permanência  na cidade não ultrapasse 24 dias.

O projeto é longo, com 55 artigos. Alguns são bastante complicados de serem cumpridos, como o artigo 20, onde as empresas de Parque de diversão e de lazer são obrigadas a instalar nas proximidades, serviços de primeiros socorros com todos os materiais e  com no mínimo, um médico e um enfermeiro.

Outra questão interessante são os ingressos destinados a idosos. O artigo 23 diz o seguinte: “Ficam os parques de diversões, circos, trenzinhos da alegria e demais centros de lazer e diversões públicas,obrigados a conceder, em caráter permanente, descontos de, no mínimo, 50% sobre o preço normal dos ingressos, às pessoas que comprovarem idade acima de 65 anos”. Para gozar do desconto, o beneficiado deverá apresentar documento que comprove a idade.

Além das exigências de segurança e higiene dos equipamentos, a emissão sonora não pode ser superior a 75 decibéis. Diante da variedade de empresas e serviços oferecido pelo seguimento o horário de funcionamento não está especificado.

Aproveitando o tema, o presidente da Câmara, Martim Rodrigues, após a votação, salientou a importância do projeto, que só cumprirá o seu papel se os setores responsáveis atuarem na fiscalização. Ele ainda acrescentou que é urgente o levantamento das empresas que estão funcionando em locais inapropriados,  gerando transtornos a população. “As Leis só melhoram a vida das pessoas se colocadas em prática e por isso sensibilizamos os funcionários da Prefeitura para um trabalho eficiente e pontual”, disse.

As novas regras passam a vigorar um mês depois de sancionada a lei. Por enquanto, os alvarás concedidos serão extintos quando a lei entrar em vigor.

AddThis Social Bookmark Button

Mais Artigos...

Página 46 de 47

46